Current track
TITLE
ARTIST

Background

A Proposta Inovadora da SOULPHIA: Aulas de Inglês com Moradoras de Rua dos EUA

Escrito por em 19 de maio de 2018

Iniciativa inédita promove inclusão e empoderamento feminino com educação à distância direta, individualizada e de baixo custo.

Aulas de Inglês particulares via vídeo ao vivo pela Internet, com americanas nativas em situação de rua na cidade de Nova York, treinadas para lidar com alunos de qualquer nível de proficiência no idioma. Essa é a ideia disruptiva da empresa social SOULPHIA, que identifica e treina mulheres para que tenham uma chance de reconstruírem suas vidas usando o conhecimento e a empatia que adquiriram durante toda a sua história.

A SOULPHIA busca parcerias pelo mundo para a construção de um negócio 100% sustentável e que desenvolva, também, outras comunidades carentes. A primeira destas parcerias foi estabelecida com a Vila Betânia, ONG do Estado de Pernambuco, norteada pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, que acolhe meninas de 0 a 17 anos em situação de risco e vulnerabilidade social no município de Jaboatão dos Guararapes. A Vila Betânia tem como base a reintegração familiar e o princípio do melhor interesse da criança, através de trabalho multidisciplinar. Parte do lucro do SOULPHIA retorna à sociedade através das aulas de inglês ministradas a estas meninas.

De acordo com Tiago Souza, fundador e gestor da SOULPHIA, “acreditamos fortemente em desenvolver as pessoas através da Educação. E optamos deliberadamente pelas mulheres, que tendem a ser mais capacitadas, responsáveis e carinhosas, além de ganharem menos, em média, do que os homens. Essas mulheres em situação de rua perderam quase tudo, mas ao menos nos EUA elas ainda têm uma habilidade importante a oferecer: sua capacidade de ensinar Inglês”.

A SOULPHIA, com o apoio da Universidade Columbia de Nova York e dos abrigos da cidade, realiza a seleção e o treinamento das tutoras que oferecem as aulas e se responsabiliza pelo controle da relação entre estas tutoras e seus alunos, bem como pelo relacionamento financeiro claro e transparente entre as partes.

As tutoras são pagas diretamente pelas aulas dadas, o que constitui uma fonte importante e necessária para reiniciar suas vidas. Aliada ao ensino de Inglês aos alunos, estes proporcionam satisfação e propósito de vida às suas tutoras, aumentando a sua autoestima e a esperança de que precisam para assumir o controle de suas vidas e avançar para um futuro melhor.

Projeto Piloto

Para testar a viabilidade da ideia, a SOULPHIA conduziu um projeto piloto, de outubro a dezembro de 2017. Os resultados foram animadores: utilizando computadores de um abrigo no bairro do Bronx, em Nova York, seis tutoras ministraram mais de 500 aulas para cerca de 40 alunos, recrutados via Facebook, ao custo de cerca de U$ 15 por aula. Os alunos consideraram as aulas envolventes e valiosas, enquanto as tutoras adoraram ensinar através da SOULPHIA. A empresa, por sua vez, acredita ser possível criar um plano de carreira para todas elas.

“Nossa visão e objetivo de longo prazo é oferecer uma oportunidade para pessoas sem moradia e situação econômica desfavorável a ensinar o seu próprio idioma mundialmente”, afirma Tiago Souza. “Vamos primeiro expandir nossa base de tutoras e operações em Nova York e, em seguida, para cidades vizinhas, como Filadélfia e Boston. Por fim, evoluiremos estrategicamente para cidades do mundo todo”.

O nome SOULPHIA é inspirado pela união entre a palavra ‘Soul’ – alma em inglês, ou a essência de uma pessoa – e o termo grego ‘Sophia’, cujo significado original é Sabedoria.

Mais informações:

Site oficial do projeto: www.soulphia.com


Opinião dos Leitores

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos Obrigatórios estão marcados*