BIG Festival 2018 oferece chance de ouro para games em estágio inicial

Escrito por em 14 de maio de 2018

BIG Starter é uma chance de ouro para os games em estágio inicial

O BIG Festival 2018, maior festival de jogos independentes da América Latina, tem uma chance e tanto para desenvolvedores de games brasileiros: trata-se do BIG Starter, um segmento do evento voltado para projetos não finalizados ou publicados comercialmente.

No BIG Starter, cujas inscrições foram prorrogadas até 20 de maio, o desenvolvedor de games terá a oportunidade de apresentar seu projeto a uma plateia composta por desenvolvedores, potenciais investidores, nomes relevantes do game design nacional e internacional, jornalistas e outros formadores de opinião.

A premiação consiste em duas categorias: projeto de jogo de entretenimento e projeto de jogo educacional ou de aprendizagem. Para cada uma delas o vencedor levará o prêmio, patrocinado pelo BNDES, de R$ 20 mil e um troféu. Para participar, o projeto deve encontrar-se em um estágio de desenvolvimento apresentável por meio de modelo funcional, mesmo que não interativo. São aceitas demonstrações digitais e analógicas.

Um dos projetos que ganhou um “empurrãozinho” do BIG em edições anteriores foi Relic Hunters Zero, um shooter cartoonizado feito pela Rogue Snail, que participou da produção de jogos como Chroma Squad, Dungeonland e Knights of Pen & Paper. “Vencer o BIG Starter foi, tanto para o jogo Relic Hunters Zero, como para a empresa [Rogue Snail], algo muito importante”, diz Marcos Venturelli, CEO e game designer do estúdio. “Nos incentivou a continuar trabalhando e investindo no jogo, que começou de forma humilde e se tornou o projeto mais ambicioso da minha carreira”, completa.

Image result for Relic Hunters Zero

Relic Hunters Zero da Rogue Snail

 

Outro game que levou o prêmio do BIG Starter no passado foi Monowheels VR, uma experiência futurista da IMGNATION Studios, mesma empresa que desenvolveu Angry Birds Rock in Rio, game em parceria com a Rovio. Para eles, receber o prêmio do BIG Starter foi uma injeção de ânimo e permitiu focar em melhorias para o produto.

“A premiação teve um papel importante na validação, tanto do game como da empresa, porque nos ajudou na hora de fechar parcerias com publishers e investidores”, comenta o Orlando Fonseca Jr., CEO da IMGNATION.

Image result for Monowheels VR

Monowheels VR da IMGNATION Studios

Além do prêmio em dinheiro, Monowheels VR ganhou destaque em veículos especializados no segmento e acabou indo parar na GDC 2018, um dos principais festivais de desenvolvimento de jogos do mundo.

Para Vinícius Gusmão, da Med Room, ganhar o prêmio do BIG Starter 2017 ajudou bastante em questões técnicas, envolvendo a compra de novos equipamentos.

“Na nossa apresentação, deixamos claro que o investimento do prêmio seria usado para comprar um notebook e fazer demonstrações. Com isso conseguimos marcar muito mais reuniões, viajar mais, demonstrar mais, participar de muitos eventos. Deu forças para nossa empresa e para o jogo” diz.

As inscrições para o BIG Starter podem ser feitas aqui. Veja o regulamento completo na página do BIG Starter.

Sobre o Big Festival

O BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival) acontece desde 2012 e é considerado o mais importante festival de jogos independentes da América Latina. Com a missão de fortalecer o ecossistema de games no Brasil, o evento abrange competição entre jogos nacionais e internacionais com prêmios em dinheiro, exposição ao público dos jogos selecionados, cerimônia de premiação,  palestras e  rodadas de negócios. Em 2017, o BIG teve mais de 20 mil visitantes, sendo 3.500 deles em palestras, e mais de 1600 reuniões de negócios. Neste ano o BIG vai expandir a programação de palestras e workshops, incorporando outras áreas que fazem parte do desenvolvimento dos games como música, animação, realidade virtual e aumentada, feira de carreiras, dentre outras verticais de conteúdo já presentes no evento.

Confira as verticais do BIG Festival:

  • BIG Audio: vertical dedicada a debater a música e suas intersecções com todas as áreas da indústria criativa;
  • BIG Brands: segmento voltado aos jogos e experiências digitais interativas sob encomenda que fazem parte de estratégia de grandes marcas;
  • BIG Business Meetings: reuniões de negócios em área exclusiva para empresários (única área paga do evento)
  • BIG Carreiras: traz informações do mercado e dicas para ajudar iniciantes;
  • BIG Dev: trilha de palestras orientadas para as disciplinas envolvidas no desenvolvimento de jogos, como arte, programação, game design, usabilidade, produção, entre outros.
    BIG Forum: encontro de profissionais da indústria criativa (games, cinema, audiovisual, publicidade, música)
  • BIG Ideas for Cities: discussão e debates de problemas urbanos por meio dos jogos.
  • BIG Impact: iniciativa dedicada aos jogos com impacto positivo, que transformam a sociedade;
  • BIG Latin America: traz os principais desenvolvedores das regiões Argentina, Chile, Uruguai, México, Colômbia, Costa Rica e Paraguai. Cada ano com um foco em um país;
  • BIG Music Day: parceria com o Dia da Música, maior evento de bandas independentes do Brasil, que fará parte do BIG a partir de 2018, com shows de bandas independentes em diversos locais pela cidade de São Paulo;
  • BIG Starter: premiação para projetos de jogos ainda não finalizados, com foco na formação de novas empresas para ajudá-las a ganhar potencial de mercado e visibilidade enquanto indústria;
  • BIG Ventures: vai aproximar investidores públicos e privados do setor de games e da indústria criativa, com um line up dedicado ao empreendedorismo;
  • BIG VR/AR: exposição de jogos para o público e sessões que discutem a realidade virtual.

O BIG Festival tem o patrocínio máster da Oi, patrocínio gold do BNDES, patrocínio da Dow, da Prodesp – Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo e da Desenvolve SP; apoio cultural da Oi Futuro; parceria com Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, através do Projeto Brazilian Game Developers e da  ABRAGAMES – Associação Brasileira de Desenvolvedores de Jogos Digitais. A realização é da Bits Productions, Spcine, Centro Cultural São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Economia da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Ministério da Cultura e Ministério das Relações Exteriores.


Opinião dos Leitores

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos Obrigatórios estão marcados*


Continuar Lendo

Current track
TITLE
ARTIST

Background