Current track
TITLE
ARTIST

Background

Meetup Blockchain Quântico

Escrito por em 28 de novembro de 2018

Meetup Blockchain Quântico

Já se perguntou algumas vez : “Como mudar o mundo?” , todo momento estamos ouvindo de que o mundo que conhecemos e que vivemos está em constante mudança e que “ o mundo não é mais como era antigamente”.

De onde vêm as ideias que movem mundo essa mudança se quando, pensamos em algo novo nós nos prendemos a pensamentos semelhantes ao de Charles H. Duell, com sua frase: Tudo que poderia ter sido inventado já foi inventado”, isso foi em aproximadamente 1899. Talvez por trabalhar no departamento de patentes dos Estados Unidos, ele deve ter pensado já ter visto tudo que poderia ver.

Facilmente podemos pensar em tudo que foi feito posteriormente a essa data e ver que muita coisa foi criada, realmente muito do que podemos pensar não foi refeito do zero, mas sim feito de uma nova madeira ou teve uma nova aplicação.

O Blockchain e o Bitcoin são extremamente novos em 3 Janeiro de 2019, vai completar 10 anos. Uma forma tão simples quanto revolucionária de tratar o conceito de confiança ou até mesmo da “não necessidade de confiança” (trustless), uma rede que mesmo tendo o total anonimato consegue ser extremamente segura por não conter sigilo entre as operações, o simples fato de registrar poucos itens diferentes que são: toda a entrada das novas moedas mineradas, todas as operações de transferência e a distribuição das taxas das transferências, sendo validado por parte dos membros da rede, que mantém a sua cópia de todo o histórico, fez com que não sobrasse oportunidade de tentar entrar com valores não pertencentes da rede, gerando assim o sistema colaborativo mais seguro que se tem notícia.

E como ser disruptivo em um cenário tão novo e que já é tão disruptivo? Como não ficar preso ao pensamento de Charles H. Duell ?

Em 24 de novembro de 2018, foi organizado o MeetUp do grupo Bitcoin São Paulo: PRÉ-LANÇAMENTO DO 1º BLOCKCHAIN QUÂNTICO DO MUNDO, apresentado as possibilidades da internet quântica que está para ser lançada, e com base nas possibilidades da internet quântica e de outro fenômeno físico o emaranhamento quântico, o físico Eduardo Maschio, mestre em Física pela UFABC, elaborou o projeto do blockchain quântico “The Quantum Blockchain Project”.

Parafraseando Frank Sherman Land ao citar que “o início é o mais importante”, o primeiro passo foi dado, em um projeto dividido basicamente nos tópicos: O início, A ideia, O computador quântico, O protocolo, O time, Os Valores, A comunidade.

O início veio do seu conhecimento e estudos por física quântica e circuitos supercondutores , juntamente com a participação com a comunidade e congresso de física quântica, em 2017 com o conhecimento das possibilidades e das questões solucionadas pelo Blockchain veio a ideia de unir as duas tecnologias, utilizando computadores quânticos e a internet quântica que está por vir.

Questões a serem resolvidas:

Existe uma forma de resolver o problema de escalabilidade Blockchain?

  • Computadores quânticos: poder de processamento em paralelo.
  • Redes quânticas: comunicação entre nós via fótons.
  • Emaranhamento quântico dos nós: validação da informação limitada somente pela velocidade da luz;

É possível manter a segurança criptográfica e privacidade mesmo contra ataques de computadores quânticos ?

  • Um computador quântico possui um processo de criptografia quântica que impede que outro computador quântico consiga quebra-lo sem ser descoberta a tentativa;
  • O emaranhamento é uma ferramenta poderosa, que permite alcançar um nível de privacidade nunca visto antes na comunicação digital.

Haveria uma forma de garantir aspectos mais humanos no blockchain e uso mais eficiente de recursos como a energia, por exemplo?

  • Utilizando computadores quânticos como nós;
  • Informação transferida por emaranhamento quântico via fótons;
  • Segura, rápida, distribuida;
  • É possível criar descentralização da informação de forma natural pela maneira que é dada a conexão entre os nós.

O protocolo será uma forma segura, descentralizada, rápida e colaborativa de realizar: transações, mensagens e blind smart contracts.

Como vai funcionar?

  • Uma tarefa é enviada para a rede via protocolo;
  • O protocolo analisa a sua complexidade;
  • Nós são requisitados para uma certa quantidade de computação quântica baseada na tarefa — desde validar transações até rodar algoritmos quânticos;
  • Alguns nós são elegidos;
  • O protocolo prepara e inicia a computação, com os nós emaranhados;
  • Nós emaranhados rodam e geram uma assinatura quântica;
  • A assinatura é validada e, não havendo nós desonestos, cada nó recebe a recompensa;
  • O novo “bloco” é transmitido pela internet convencional para o Blockchain da rede.

O futuro do Blockchain e da internet.

  • Internet quântica é o passo além que está sendo desenvolvido hoje;
  • O protocolo se inicia junto com a internet quântica, trazendo as vantagens do Blockchain com as vantagens da computação quântica embutidos desde o início.

Com um time composto por:

  • Eduardo H.M. Maschio – físico teórico, idealizador do projeto
  • Diogo O. Soares Pinto – professor da USP, físico teórico, colaborador
  • Oscar Duarte – físico teórico, colaborador
  • Kaonan Macadei – físico teórico, colaborador
  • Tatiana Delgado – busines, estrategista de negócios e parcerias, colaboradoras
  • Marcelo Fiorin – filósofo, consultor de ética na tecnologia, colaborador
  • Reginaldo Kono – desenvolvedor web, consultor de negócios e parcerias, colaborador

Todos eles e os demais apoiadores do projeto estão motivados a seguir no projeto os preceitos:

  • Por um mundo mais colaborativo;
  • Open-Source;
  • Open-Science;
  • Privacidade e confiança;
  • Conhecimento e melhorias de vida para o maior número de pessoas possível.

Por fim Eduardo Maschio, enfatizou e deixou claro o convite a todos para participar da criação da comunidade.

  • Diversidade: quanto mais diverso um grupo é, melhor se resolve um problema;
  • Colaboração: quanto mais colaborativo se é, mais avançam todos, direta e indiretamente relacionado ( efeito dominó);
  • Conhecimento: espalhar conhecimento a quem quiser, porque o avanço da área depende de pessoas aptas.

Foi proposta a divisão da comunidade em três partes:

  • Grupo para entusiastas que queiram saber notícias do projeto e relacionadas à área ( telegram, Discord, MatterMost, etc. — a definir);
  • Grupo para interessados em aprender sobre a grande área da informação quântica ( fórum aberto, mas moderado);
  • Grupo para quem queira colaborar ativamente com o projeto, detalhes em primeira mão (fórum fechado para evitar anônimos, mas todos são bem-vindos);

O Blockchain é considerado a maior revolução dentro da internet depois da própria internet, e essa pode ser considerada a maior revolução dentro da Blockchain.

Agradecemos a todos que participaram do evento!

E os organizadores: Bruno Rall fundador do Meetup São Paulo

Coordenadores: Everton Melo e Ivan Amaro.

Acompanhem mais novidades em nosso programa Cypher Café e suas mídias sociais!

https://www.facebook.com/Cyphercafe/

https://www.instagram.com/cyphercafe256/

https://www.youtube.com/channel/UCVWMYjpZVmw1Nb3TS82eaWA

Cypher Café !
O seu café com cripto!
Cripto / grafia / economia / moeda ! o/

Ao Vivo! Todas as quintas feiras

15H30 – 16H00 na radio geek.

 


Opinião dos Leitores

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos Obrigatórios estão marcados*