Current track
TITLE
ARTIST

Background

Principais lançamentos do 2º Semestre de 2018

Escrito por em 20 de agosto de 2018

Spider-Man, Red Dead Redemption 2, Fallout 76 e mais…

A comunidade gamer vêm sendo surpreendida nos últimos anos com uma indústria muito competente, que dá conta de entregar grandes títulos que marcarão não só a atual geração de consoles, mas toda a história dos videogames. Um exemplo disso é The Witcher 3, que lançado em 2015, provou ser não somente o jogo do ano, mas um marco nos moldes de como fazer um bom RPG.

Mas o foco agora não é o passado, e sim o futuro. Confira agora uma breve prévia dos principais lançamentos de destaque nesse último semestre de 2018!

Spider-Man – PS4 – 07 de setembro 

Sendo desenvolvido pela “Insomniac Games”, empresa responsável pela franquia Ratchet and Clank, incluindo seu ótimo remake de 2016, Spider-Man chega exclusivamente para o PS4 no começo de setembro. As expectativas para o jogo estão altíssimas não só pela confiança depositada no estúdio, mas pelos gameplays já mostrados. A movimentação fluída de Peter Parker faz com que nosso querido Homem-Aranha praticamente dance entre seus inimigos. Animações de teia e execuções especiais também ganharam um destaque nos trailers.

Aliados à gameplay temos o visual e a temática. O jogo é inspirado no filme “Homem-Aranha: de volta ao lar”, trazendo um clima mais leve e mais próximo ao cinema, agradando os fãs das telonas e dos jogos antigos do herói. A beleza do jogo é indiscutível, com destaque para a iluminação, que faz toda a diferença quando você está se balançando entre um arranha-céu e outro.

Spider-Man reúne boa gameplay, visual deslumbrante, muitos vilões e uma temática aproximada do cinema para se tornar um dos exclusivos mais esperados pelos jogadores de PS4. A parte boa é não ter de esperar muito para pôr as mãos no mais novo trabalho da Insomniac.

Call of Duty: Black Ops 4 – PS4, PC, Xbox One – 12 de outubro

Mesmo com os últimos dois “CoDs” não animando muito a comunidade, a franquia arruma um jeito de se colocar sempre entre as mais vendidas todos os anos. Esse ano, com um jogo da grandiosa e queridinha dos fãs, Treyarch, Black Ops 4 é a esperança de manter o público fiel de CoD ainda na ativa.

Não seguindo a linha de World at War 2, lançado em 2017, Black Ops 4 deixa a guerra antiga de lado e aposta novamente no futurismo. Se parece muito com Black Ops 3, contando com alguns operadores do último jogo e outros novos. A mecânica e o gameplay são semelhantes também, ao ponto de estar sendo chamado de um BO3 melhorado. Possui também score-streaks parecidos e uma movimentação que segue o mesmo padrão, só que dessa vez sem apelar para os pulos duplos e as corridas na parede.

Black Ops 4 não contará com a campanha single-player. Ao invés disso terá um modo Battle Royale, chamado de Blackout. Esse modo receberá uma fase Beta em setembro, onde os jogadores poderão testar melhor e ver como o modo será adaptado para a jogabilidade de CoD.

O Zombies continua presente e com o selo de qualidade Treyarch. Muitas novidades e easter-eggs devem acompanhar esse modo, que superará expectativas como sempre fez.

Call of Duty: Black Ops 4 promete ser o melhor CoD desde o BO3, mas será que vai conseguir reviver a comunidade que largou o jogo há tanto tempo devido às mudanças e o futurismo? Saberemos quando o jogo lançar, no começo de outubro. Só se espera que não seja mais um CoD que todos “guardam na gaveta” um mês depois.

Battlefield V – PS4, PC, Xbox One – 19 de outubro

Uma semana depois de Black Ops 4, chega às lojas Battlefield 5. Baseado na segunda grande guerra, BF5 é quase uma sequência de BF1. Várias boas coisas foram mantidas desde o último jogo e algumas inovações fazem com que o novo BF seja passageiro de primeira classe no trem do hype.

O jogo contará com o modo War Stories, já presente e muito bem recebido no BF1. Esse modo, que nada mais é que a campanha single-player, é composto por várias pequenas histórias, que se focam em um personagem e abordam algum lado/episódio da guerra. Uma intensa narrativa caracteriza o War Stories, que promete ser o diferencial de BF, que optou por manter a experiência solo.

O multyplayer do jogo continua com o mesmo (e bom) estilo Battlefield, contando com ainda mais destruição e um HUD totalmente remodelado. Apresentará uma grande diversidade de veículos e mapas, que reforçarão a já grande imersão sentida em BF1. Será possível customizar o soldado de cada classe, desde a roupa e equipamentos até o gênero.

A EA, distribuidora do jogo, optou por não incluir um passe de temporada no game, “dando” assim todos os conteúdos futuros ao lançamento, como novos mapas e novas armas. Talvez essa prática melhore um pouco a imagem da empresa, que após o escândalo em Battlefront 2, perdeu ainda mais credibilidade com os fãs e a comunidade em geral. Deixando de lado os erros da EA, BF5 promete ser mais um acerto da DICE, que vem ano após ano provando que sabe muito bem o que é fazer um memorável FPS.

Red Dead Redemption 2 – PS4, Xbox One – 26 de outubro

A Rockstar nunca decepciona. Dito isso, é fácil imaginar o que vem por aí em Red Dead Redemption 2. Sendo uma sequência digna do último jogo, RDR2 apresenta um mundo extremamente imersivo, gráficos lindíssimos e detalhados e uma física de tiros quase perfeita. Foram mantidos o Bullet Time, câmera lenta que ajuda na hora do tiroteio, e as interações com os cavalos, sendo o foco agora não só cavalgar, mas construir todo um vínculo com o animal. O sistema de luta corporal foi melhorado, assim como o visual das armas e as animações de recarregamento das mesmas, que é o mais fiel já recriado em algum videogame. A fauna do jogo continua marcante, e com uma inteligência artificial mais desenvolvida ficou ainda mais desafiador caçar nos vários biomas que compõem o game.

Com relação à história de RDR2, anterior ao último game, a expectativa fica entre conhecer mais sobre a gangue de Ducth e rever John Marston, que agora aparece mais novo, porém em iguais problemas com a lei.

O multyplayer estará presente e caso siga o mesmo nível de GTA5, manterá o jogo vivo por muito tempo. A Rockstar aprendeu muito com seus últimos modos online e esse será o foco principal depois de um ou dois anos de game. Por isso, os jogadores que optarem por investir um grande tempo nesse modo poderão ficar tranquilos, já que serão devidamente recompensados.

Red Dead Redemption 2 é forte candidato a jogo do ano, apresentando um visual deslumbrante e sendo aguardado por todos há muito tempo. É de se esperar que além de todos os prêmios, seja um daqueles jogos que nos lembramos por anos e mais anos, assim como foi Red Dead Redemption.

Fallout 76 – PS4, PC, Xbox One – 14 de novembro

A criatividade da Bethesda fez com que o estúdio se arriscasse ao ponto de modificar totalmente o estilo de sua principal franquia. Fallout 76 é basicamente um clássico Fallout, com todas as suas mecânicas como o Pip-Boy, o sistema de cura por Stimpacks e o confronto com criaturas mutantes. A diferença é que tudo isso acontece com o jogador imerso em um universo online, onde será possível encontrar outros players, construir sua própria propriedade e ter a mesma invadida e saqueada a qualquer momento. O sistema de perks será apresentado no formato de cartas. Cada habilidade corresponde a uma carta, que poderá ser equipada ou desequipada a qualquer momento. A Nuke, clássica bomba atômica de Fallout, está presente, sendo necessário a aquisição de cinco chaves para a ativação de uma plataforma de lançamento.

A opção de jogar Fallout 76 offline e de modo “solo” estará disponível, mas a Bethesda garante que a forma correta de se aproveitar as aventuras de West Virginia é confrontando os perigos online. Em uma época dominada pelos Battle Royales, a criatividade do estúdio deve ser admirada e Fallout 76 almeja ser uma grande surpresa, tal qual foi seu anúncio.

 

 


Opinião dos Leitores

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos Obrigatórios estão marcados*