Current track
TITLE
ARTIST

Background

Rakuten EXPO 2018

Escrito por em 17 de outubro de 2018

Dia 4 de Outubro rolou Rakuten Expo 2018, a sétima edição do evento mais inovador do E-commerce! Com 30 palestras e painéis exclusivos, cerca de 50 palestrantes, 38 parceiros e o Espaço das Américas lotado, o evento teve mais de 14 horas de conteúdo sobre as tendências, tecnologias e novas soluções para o varejo online!

René Abe, CEO e Presidente da Rakuten Brasil, apresentou o conceito Omniwhere®: solução que oferece economia de escala de itens críticos ao lojista brasileiro – pagamentos, logística e omnicanalidade, oferecendo economias de até 50% em relação ao padrão do mercado e oferece um sistema que traz uma solução integrada de PDV, com ferramentas nativas de online to off-line, off-line to online e totalmente online. O grande diferencial do conceito é sua capacidade “cross-border”, que possibilita aos varejistas a vender produtos nos maiores marketplaces do mundo – e dá acesso à revenda de itens de vários fabricantes globais sem se preocupar com câmbio, exportação e outras complicações. Além disso, a solução não está cimentada em quaisquer ERPs, OMSs ou plataformas de e-commerce específicas, pois pode ser utilizada em sua totalidade ou apenas as partes necessárias, respeitando o legado do lojista. No evento, foi possível experimentar o processo de compra através do Omniwhere® num estande montado para isso.

“O e-commerce precisa usar a tecnologia para estar aonde o seu cliente estiver, na hora que ele quer ou puder comprar. Os canais limitam esse conceito, pois impõem que os clientes se dirijam a eles para poder funcionar. Queremos que o consumidor possa comprar apontando sua câmera para um produto que gostou e que o varejista possa agendar a entrega para quando e onde o seu cliente preferir receber. Temos que ir além parar não confinarmos clientes em canais” explica René Abe.

Outros grandes destaques do evento subiram ao palco 360º do evento, como o presidente da Rakuten USA, Yaz Iida, que falou sobre os planos da companhia para o futuro. O empreendedor Robinson Shiba conta como largou sua carreira de dentista e se tornou proprietário de uma das maiores franquias de Delivery de comida chinesa da América Latina, a China In Box. O presidente do Google no Brasil, Fábio Coelho, fala da transformação da montanha de dados gerados em cada milissegundo de nossas vidas nos próximos anos. Ricardo Amorim, o economista mais influente do país apresentou insights sobre o cenário econômico e político a 3 dias do primeiro turno das eleições. Numa entrevista exclusiva para a Rádio Geek, que em breve estará no YouTube, Ricardo Amorim explicou algumas coisas que ficaram de fora de sua palestra na Rakuten.

Amorim explica que os problemas que passamos no Brasil não são exclusivos, mas que uma coisa pode nos animar: quanto pior a crise econômica, melhor sua recuperação. Ele deixou claro que o cenário é pessimista na política, mas se o futuro presidente fizer sua lição de casa, o cenário econômico será melhor.

A Democracia pode não parecer, mas é o melhor sistema que nós temos, mas ela vem com defeitos graves e o mais importante deles é que as pessoas não querem ouvir verdades, e os políticos sabem disso. O processo de polarização que o Brasil está vivendo criou um risco para nossa democracia. Ganhe quem ganhar, vamos ter um presidente com significativo número de apoiadores exaltados, fortes e fiéis; ao mesmo tempo, teremos uma oposição de tamanho muito parecido, tão exaltada quanto. Isso significa que o presidente terá de convergir ao centro. Temos agora uma bancada com 30 partidos representados, o que significa que o presidente terá que negociar com mais gente do que os presidentes anteriores, e ao convergir ao centro para conseguir governar, em ambos os casos, seus eleitores vão ficar decepcionados, e no caso da extrema-direita é ainda pior. Caso essa convergência ao centro não existir, não será possível governar.

O que isso significa? Historicamente no Brasil, de 1900 pra cá quando um presidente não consegue governar, acontecem duas coisas: a economia despenca e o presidente ou ditador cai; ou acontece um golpe, algum tipo de ditadura, um risco concreto que pode acontecer no Brasil. Amorim diz que torce tanto para o Brasil, que isso pode contaminar sua análise sobre estarmos caminhando para o risco de guerra civil, e que esse é um caso que isso claramente acontece, mas que ele gosta de acreditar que isso não seja a verdade. Por fim, esclarece que se o próximo presidente não “aprontar”, se não tivermos uma crise política, e sim adotar medidas de reformas que resolvem problemas estruturais brasileiros, como privilégios de políticos, excesso de impostos e gastos públicos, o Brasil conseguirá crescer de forma significativa. Ele dá ênfase ao setor que crescerá independente do que vai acontecer no futuro do país, que é tudo que está relacionado a tecnologia. A revolução tecnológica vai continuar acelerando e quem não usar isso a seu favor, será atropelado por ela.

Também conversamos com Grasiela Tesser, CEO da Cake ERP, que está junto com a Rakuten no conceito de Omniwhere®. Em sua palestra falou sobre crossborder como ferramenta de internacionalização. Crossborder é vender ou comprar de um lugar internacional, o Brasil já comprando muito lá de fora, mas precisa vender mais para fora. Gabriela Comazzeto, diretora de negócios da Facebook Brasil, contou quais são as tendências de consumo da Black Friday e como a expectativa de crescimento para o e-commerce é de 15% em 2018.

O encerramento da Rakuten EXPO 2018 foi liderado pela cantora e compositora Anitta, destaque internacional pelos seus hits musicais e por sua performance como empresária de sucesso.

Veja algumas das nossas fotos, em breve mais:


Opinião dos Leitores

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos Obrigatórios estão marcados*